Diário de Viagem: Curitiba – Feira Largo da Ordem e Madalosso Restaurante

Por abril 7, 2014 Viajando

 

E hoje é o último Diário de Viagem em Curitiba (já queremos voltar). No 4º dia da viagem (domingo), marcamos com as meninas do Tudo Orna e Tudo Make para uma rápido e adorável passeio na feirinha do Largo da Ordem. Chegamos antes das meninas e no primeiro momento, achamos que a feira era super pequena, mas ao caminhar com as meninas, o negócio era outro. Que feira enorme!!! Muitas barracas de artesanatos, itens vintage, roupas e comidinhas.
Já conversa com a Julia através das redes sociais, e no dia conheci a Débora (irmã da Ju) e a Ariadne do Tudo Make, que são super simpáticas, animadas e receptivas. O Lucas tirou algumas fotos, mas as da Ju ficaram tããão lindas que não pude deixar de colocar aqui:

As meninas são lindas por fora e por dentro ( impossível não gostar delas)! Ah, a Ari, disse que virá para Itu ainda esse ano! Esperamos novos encontros em breve! ♥

 

 

E após o passeio, fomos almoçar com um casal de amigos de Curitiba (a Bárbara também nos indicou ótimos lugares para ir) no famoso Madalosso.
O restaurante é ENORME, chegamos por volta de 13:30 hrs e haviam centenas de pessoas aguardando uma mesa, porém não demoramos muito para almoçar.  O lugar é lindo a comida é maravilhosa, o dia esfriou, passei frio, mas tudo está ótimo! O Madalosso fica no tradicional bairro Italiano, Santa Felicidade e possui cardápio imenso e delicioso. Logo que chegamos na mesa, recebemos asa de frango frito com alho, risoto, maionese, salada com vinagre de vinho, miúdos (não gosto, haha) e polenta frita (que polenta maravilhosa). Em seguida, os garçons passam oferecendo os pratos de diversas massas (salgado e doce).

Não comi nem a metade das massas e após o almoço, não saímos mais do hotel. Comi tanto, mas tanto que passei mal (gorda) e no dia seguinte fui embora dizendo que nunca mais comeria massa. Cheguei em Itu e já queria comer as delícias do Madalosso. Para conhecer mais sobre o restaurante é só clicar AQUI.
O restaurante foi o mais caro que nos alimentamos em Curitiba, gastamos em média, R$45 por pessoa (com vinho e 2 refrigerantes). É um lugar que vale muito a pena conhecer se for para Curitiba! As fotos são do celular do Lucas (que não gosto muito haha), pois o Iphone me deixou na mão e não conseguia tirar uma foto.
É isso! A viagem acabou, os post acabaram, mas a vontade de voltar é enorme. Até a nossa próxima viagem! ♥

 

Diário de Viagem: Curitiba – Passeio de Trem – dia 3

Por abril 1, 2014 Uncategorized, Viajando
O nosso terceiro dia na linda Curitiba, foi boa parte dentro de um trem turístico a caminho da cidade de Morretes. Até chegar ao destino final, passamos por lugares lindos, históricos e marcantes.
Quando resolvemos ir para Curitiba, o passeio que havíamos certeza de conhecer/ aproveitar, era o de trem. O passeio é pouco caro (nós achamos um pouco salgado), porém lindo! Nós compramos a classe turística e aproveitamos a promoção de ida e volta + almoço no restaurante My House, saindo por R$162 cada (o valor pode ser parcelado em até 10x). A única coisa que não gostamos foi da falta de informação (ou não) dos atendentes do trem. Compramos as passagens um dia antes (na sexta) e a funcionária disse que se voltássemos de Van, ficaria R$20 mais caro. Então como turistas de primeira viagem, confiamos nela e compramos a volta por trem + almoço (que na verdade saiu R$30 mais caro). Para conferir detalhes do passeio e tarifas é só aqui AQUI.
O passeio saiu um pouco depois da hora marcada no bilhete (8 hrs) e até o destino final, levamos 4 hrs. Para voltar, o trem demorou em torno de 3:20 hrs e na volta, às 15 hrs, pouco enxergávamos por causa da intensa neblina.

O trem disponibiliza um lanchinho (quando me falaram isso, achei que fosse algum tipo de sanduíche… tipo de avião sabe?!), basicamente: um refrigerante ou uma água + uma caixinha com bolachas.

O almoço do pacote era o tradicional Barreado, que é uma carne cozida, arroz, banana e farinha de mandioca. Segundo o nosso colega Wikipédia: O segredo na preparação é o tempo de cozimento na panela de barro – cerca de vinte horas – o suficiente para desfiar toda a carne e mantê-lo no fogo sempre. Depois de cozida, as fibras da carne se soltam resultando em um caldo grosso e saboroso e temperado a gosto regional. Para manter o sabor da carne, é preciso vedar a panela com uma massa de farinha e água para manter o vapor dentro da panela (Caldeirão). Ah e não posso esquecer do camarão e do peixe, uma delícia!
A cidade também tem a famosa cachaça de banana e o delicioso sorvete também de banana.  Segundo a nossa guia turística, a cidade vive basicamente do turismo e com isso, quase tudo tem um valor elevado.
O restaurante My House é ótimo no geral: ótima localização, atendimento e claro, a comida.

Choveu em Morretes logo que chegamos no restaurante e demorou um pouco para parar, com isso, não conseguimos olhar a cidade com mais calma e muito menos fotografar, mas vale a pena o passeio se você está com um tempo livre! Após o passeio, chegamos no hotel, tomamos um banho e fomos para o Shopping Estação (20 minutos a pé do hotel). Não ficamos lá nem por 30 minutos, porque achei que havia perdido minha carteira, corremos para o hotel e lá estava a bonita. Depois de tanta correria e nervoso, resolvemos descansar, haha.
O próximo post, será o último da viagem e contaremos sobre a feirinha do Largo da Ordem e o almoço do Madalasso.

 

 

Beijos ♥ xoxo

Diário de Viagem: Curitiba – Dia 1 e 2

Por março 27, 2014 Viajando

Aproveitamos as férias do Lucas e a minha pequena pausa de trabalho para conhecermos alguma outra cidade. E para a primeira viagem, escolhemos ir para Curitiba! As passagens estavam com preços maravilhosos (R$50 sem taxa de embarque) e saiam de Campinas, que é do lado de casa. E claro, que o tempo não colaborou muito! Pegamos chuva no primeiro e segundo dia da viagem, mas isso não nos fez ficar no hotel. Peguei a sombrinha e fomos conhecer o centro da cidade.
No primeiro dia não rolou muitas fotos, então esse post terá mais coisas sobre o segundo dia. O hotel que ficamos, é o Novo Vernon (reservamos pela Decolar.com), um hotel sem luxo, limpo, bonito, com sacada, ótimo atendimento e café da manhã, e é bem em frente a rodoferroviária da cidade. Quando chegamos no aeroporto, pegamos um ônibus executivo para a rodoferroviária (R$12 cada) e para voltar, fomos de circular mesmo (R$2,70 cada).
Como chegamos no hotel por volta das 14 hrs, a fome já havia batido na porta e fomos para o centro ( 25 minutos a pé do hotel) almoçar no São Francisco, restaurante que o Lucas havia pesquisado em blogs de baixa gastronomia, e que também é o restaurante em atividade mais antigo da cidade. Na hora que chegamos, só haviam 2 pessoas (o pessoal almoça muito cedo por lá) e pedimos um prato executivo – muito bem servido – por R$24 com bebida.

A noite, fomos conhecer O Barba Hamburgueria! Um local lindo, com pessoas e músicas agradáveis e um dos melhores hamburguer’s que já comi. O meu saiu por R$15,90 (não me lembro ao certo) e como não estava muito bem no dia, não consegui comer tudo. Uma guria no instagram, nos indicou o NY Café, mas acabamos não conhecendo (na próxima nós vamos). O Barba, era um pouco distante do hotel, então pegamos um ônibus (estou de cara até agora com o transporte da cidade, preço e ótima qualidade) e andamos por volta de 8 minutos até o local.

DIA 2

Acordamos cedo e pegamos o ônibus turismo para conhecer toda a cidade e os pontos turísticos. O ônibus custa R$29 (achei um pouco caro), porém você recebe 4 tickets para descer, olhar o local com calma e esperar o próximo ônibus. Apesar do valor, esse é um dos passeios que realmente valem a pena se você está na cidade pela primeira vez e não conhece NADA (assim como nós).
Como estava chovendo no dia, ficar na parte “descoberta” estava quase impossível, porque além da chuva, havia um vento gelado! Só depois das 14 hrs, a chuva deu uma trégua e conseguimos ficar na parte superior sem passar frio.

A nossa primeira parada foi no Museu Oscar Niemeyer/ Museu do Olho e depois descemos a pé no bosque do Papa (um local apaixonante). Mesmo com chuva, tentamos ver o Ópera de Arame, mas estava fechado para manutenção. 
Nossa segunda parada/ descida foi na Torre Panorâmica (R$3,50 cada) para conhecer o tão famoso local, que apesar do tempo nublado, conseguimos ver boa parte da cidade. Em seguida, usamos mais um ticket para descer no centro e almoçar.
E a nossa última parada foi no maravilhoso Jardim Botânico (que lugar lindo). No final do dia, a chuva parou e conseguimos aproveitar o passeio. O lugar é incrível, apaixonante e enorme! Andamos muito e acredito que ficou uma boa parte sem vermos.

Experimentamos no almoço, a parmegiana do restaurante Nonna Giovanna (rua São Francisco), que estava delicioso, porém é um pouco diferente do nosso. O prato acompanhava, arroz, batata frita, maionese, salada e feijão. Pedimos para tirar a maionese, salada e feijão e aumentar no arroz e nas fritas. O almoço para dois com bebida saiu por R$32.
E depois experimentamos o delicioso picolé (paletas) de fruta com recheio de leite condensado. Isso é simplesmente DIVINO!!! Por toda Curitiba você encontra algum lugar vendendo (cada um com um nome diferente), e é impossível não amar. Esse custou R$8 e compramos vários (fiquei pobre com o sorvete). A dica do sorvete foi da Karyne do blog Do Sofá que foi antes de nós e postou tudo no blog.

Mesmo com chuva (e poucos peças de roupa – só levei coisa estampada), os primeiros dias foram ótimos! O quarto que ficamos era ótimo e já estamos com saudades de viajar!
Em breve tem post falando do nosso passeio de trem, almoço do Madalosso e visita a feirinha do Largo da Ordem com as meninas do Tudo Orna ♥.
As fotos foram registradas pela câmera Canon 50D e Iphone 4.

 

Beijos ♥ xoxo

O que aprendi com a vida adulta: casa/ construção

Por fevereiro 25, 2015 cotidiano

Quando tinha 15 anos, sonhava em trabalhar com moda, que aos 20 anos estaria trabalhando numa grande editora, que já estaria rica e teria conhecido pelo menos 4 país.
Aos 16 anos, quando comecei a trabalhar já notei que não seria fácil e hoje, 10 anos depois, sem ter feito tudo que sonhava, vi que os planos mudam e que precisamos correr para  outra direção. Contas a pagar, compras de casa (alimentos e produtos de limpeza) e cuidar do filhos-dogs, são coisas que ficam ainda mais complicados quando você resolve construir o seu lar! Pois…

1. Sua vida não é como nos comerciais da TV : todos sorrindo com seus empréstimos de 1093032083840 anos 

2. Tudo é caro! Até o lanche do tiozinho da esquina fica caro

3. O dinheiro que você “guardou” durante meses e meses, vai embora em dias

4. Começa a praticar o desapego e faz um bazar. Aliás, todo mundo gosta e o todos saem felizes

5. As vezes dá vontade de fugir (as contas não param de chegar)

6. Suas pesquisas na internet não são mais de roupas e calçados e sim de materiais de construção, móveis e decoração.

7. Já que você nunca tem dinheiro pra nada. a melhor opção é ficar em casa no fim de semana e feriados

8. Reutiliza tudo! Lojas de materiais de demolição podem render ótimos achados

9. Você não tem paciência e sua cabeça trabalha 30 horas por dia.

10. Você não dorme direito, tem olheiras e o cabelo está sempre bagunçado

Mas no fim, tudo valerá a pena!

TudoOrna_2014_Curitiba_FeirinhaDoLargo10-10Todo objetivo requer esforço e dedicação. O resultado é incrível, satisfatório, mas nem todos vivem uma história de contas de fada e até chegar o seu final, pode trazer muito estresse, loucura, desespero e também um pouco de risada.
Boa sorte para todos que estão nessa fase e parabéns! ♥

 

2014 em 12 fotos

Por dezembro 31, 2014 Sem categoria
2014

Que ano louco foi esse? 2014 passou extremamente rápido (falei isso em quase todos os posts durante o ano, eu sei, haha) e cheio de acontecimentos, mudanças, aprendizados, aborrecimentos e também de alegrias. Entrei na crise de idade e profissão, fiquei maluca, chorei, chorei, ri, chorei, fiquei com saudades, quis largar tudo e sumir no mundo, surtei e no final, tive surpresas e felicidade.

retrosp blogJaneiro:  Mês de novos sonhos, planos e esperança (e coloca esperança nisso)

Fevereiro: Reformamos bikes e descobrimos o quão legal é.

Março: Fizemos nossa primeira viagem a sós em 6 anos de relacionamento para a linda Curitiba.

Abril: Entrei em crise total com a profissão/ moda.

retro blog 2 okMaio: Mudei o visual, sai do vermelho e voltei para o castanho (Detrich, vou sempre agradecer por isso)

Junho: Curti a copa trabalhando.

Julho: 25 anos de Glena no mundão.

Agosto: Viajei com a família para a incrível Carlopolis passar o dia dos pais.

retros blogSetembro: Primeiro encontro de blogueiras que realizamos em Itu

Outubro: ganhei um concurso, conheci Londres, participei da festa de inauguração da Melissa e de quebra conheci pessoas lindas

Novembro: primeira etapa da construção concluída

Dezembro: 4 anos de blog.

 

Em 2014, ganhei novos amigos, conheci pessoas especiais, perdi colegas, perdi uma amiga (por uma boa causa) pra Europa e depois a reencontrei numa viagem inesquecível, recebi apoio de pessoas que moram tão distante mas estavam sempre por aqui, comecei uma nova etapa e trabalhei muito.

Finalizo esse post com um aperto no coração e com muita felicidade. Só tenho muito OBRIGADO e um desejo imensurável que 2015 seja incrível para todo e espero conhecer e reencontrar todos que não tive a oportunidade e tempo de ver.

 

 

Milhões de beijos ♥

Look: Sunflowers

Por outubro 23, 2014 Look

Em clima de calor e primavera, tem macacão com estampa de girassóis da Romwe, chapéu grande e espadrille – também estampada – da My Shoes Itu.  A loja receberá a visita do ator global Caio Castro no próximo mês e pensa na loucura que já está sendo… em breve conto os detalhes!
Esse macacão chegou há poucos dias e to amando! Ele demorou bastante para chegar, ficou parado em Curitiba por mais de um mês e quando chegou achei que haviam me enviado o tamanho errado, haha. Pela primeira vez peguei um produto com forma grande (sim, esse é um P e não, eu não emagreci mais, haha). Em particular, amei demais esse look e espero que gostem das fotos!

Jumpsuit: Romwe / Espadrilles: My Shoes Itu / Hat: Romwe / Sunnies: ZeroUV / Bracelets: Kafé Acessórios / Bag: Youcom

HYPE my look on LOOKBOOK! ♥

 

 

http://www.romwe.com/flashsale/activeleft?active_id=799

Only from $14.99, expire date 10/24, only 72h

Aprovei: Delineadores Quem Disse, Berenice?

Por outubro 20, 2014 Aprovei, Beleza

Hi people!
Há algum tempo comecei a usar os delineadores da Quem disse, berenice? (líquido e caneta) e o retorno foi super positivo. Além do preço ser algo atrativo (entre R$21 a R$30), os produtos são ótimos! Comprei os dois numa promoção relâmpago de 50% de desconto e a intenção era usar primeiro um e deixar o outro para usar quando o outro acabasse, porém os dois são diferentes e dependendo da ocasião e do dia sempre tem um que se sai melhor.

 Delineador Líquido

O preço é mais baixo (em torno de R$22) e para uma maquiagem com melhor acabamento e mais definição, ele é o indicado. Não sai muito (ou seja, não fica escorrendo) e por ser líquido demora um pouco mais para secar. É bacana usar esse delineador quando estiver com tempo e não na correria ou até mesmo dentro do carro (já tentei e não rolou – ah, e eu não estava dirigindo).
A embalagem possui 2,5 ml.

 

 Delineador em Caneta

O preço fica em média de R$30 e se você quer um make rápido e prático, essa caneta delineadora é perfeita, pois possível uma ponta bem firme e dá para inventar várias coisas. Seca super rápido, porém tem um efeito mais fraco (a cor não fica tão vibrante e definida). Dependendo da maquiagem é preciso passar uma ou duas vezes por cima do primeiro traço para ficar um pouco mais definida.
A embalagem possui 1,2 ml.

Mesmo tendo um efeito um pouco mais claro, a caneta delineadora acaba sendo ótimo para os dias de correria e realmente gosto muito dela (não sai da minha bolsa). A fixação do líquido também é mais forte e até sofro um pouco para retirar.
Quando fui para Curitiba, encontrei muitas lojas da marca pelas ruas, já por aqui, é mais difícil. Aqui em Itu e região, é possível encontrar os delineadores e esmaltes da berê, na loja Sutil Cosméticos (que já falei aqui no blog), que fica na Rua Santa Rita, 1049, Centro. Se preferir, dá pra ligar lá antes também (11) 2429-5580.

E falando em maquiagem, também comprei o sabonete líquido demaquilante da marca e amei! Com o delineador, ela não retira muito bem (a própria marca informa isso), mas do resto é ótimo (quero testar outros também que encontrei na loja  Sutil Cosméticos)! Sempre uso ele e em seguida o sabonete para rosto indicado pela dermatologista.
Tentarei gravar um vídeo testando ela para mostrar o resultado!
Espero que tenham gostado do post!!!

 

Beijos ♥ xoxo

Botas da Mart of China

Por maio 5, 2014 Aprovei, Moda virtual

Olá pessoas!!!
Há algumas semanas, recebi um pacote lindo com bolsa de Bulldog e botinhas da Mart of China. Como o próprio nome já diz, a loja virtual é da China, possui uma variedade incrível de produtos e com preços agradáveis.  A loja não trabalha com o sistema de free shipping (frete grátis), mas nesse pedido que recebi, o frete ficou em torno de $17. Recebi em um pacote super protegido e embalado, nada estava amassado e o melhor, não fui taxada.
Com essa onda de tributação, ainda estou com pedidos em Curitiba há meses e não tenho notícias sobre a entrega, se serei taxada ou não… mas vamos torcer para que isso passe logo. Voltando a falar sobre compras internacionais, a Mart of China me enviou esse par de bota um pouco diferente do que estou acostumada a usar, mas confesso que é uma das botas mais confortáveis que já usei. Esse modelo também estava disponível na cor preto e pelo preço de $20,60. Para conferir é só clicar AQUI.

Além desse modelo que recebi, selecionei 4 modelos que adorei para compartilhar com vocês. Para conferir todos os modelos disponíveis (também roupas e acessórios), é só clicar AQUI.
Bota 1. $17,86 (AQUI) – Bota 2. $17,16 (AQUI) – Bota 3. $28,39 (AQUI) – Bota 4. $22,22 (AQUI)

Já conhece a Twoone Onetwo?

Por abril 14, 2014 Aprovei, Beleza
Olá pessoas!
A segunda-feira há muito tempo não era tão gostosa como hoje: chuvinha, vento e uma temperatura super agradável!
E hoje o post é sobre de cosméticos, que há muito tempo, não falamos por aqui (esse post era para ter ido ao ar antes da nossa viagem para Curitiba, mas como tivemos muitos imprevistos, hoje é o dia). Sou apaixonada por esse universo, não sou uma profissional na area, mas o pouco que sei, tento ficar menos feia, haha.
Recebi recentemente um presskit super fofo da marca, Twoone Onetwo com as novidades de make da marca e também com dois esmaltes, já conhecidos por muitas meninas. A marca brasileira é referência em esmaltes hipoalergênicos e há pouco tempo  lançou sua linha de maquiagens. 
Já usei tudo, o batom já apareceu aqui no blog em algumas fotos de looks e em breve teremos posts de make com os itens. Enquanto isso, vou falar um pouco de cada um, preço e link!

Os meus itens preferidos são sempre para os lábios!
O Batom Líquido (magenta) é super pigmentado, ótima fixação e como qualquer batom líquido é preciso ter um cuidado maior para não escorrer e ficar parecendo um palhacito. Ele custa R$22,90 e está disponível em mais duas cores (New Tangerine e Pink Lemonade). É possível comprar AQUI.
O Batom (Poppy Red), é simplesmente maravilhoso! A cor é linda, também possui uma ótima pigmentação e a embalagem é super fofa. Além disso, possui um complexo de Cupuaçú e Manteiga de Karitê que auxiliam na regeneração dos lábios. Ele custa R$25,90 e está disponível em mais cinco cores. É possível comprar AQUI.

Para os olhos:
O Delineador em Creme (Bright Blue), é incrível! Super fácil de passar (já havia usado do O Boticário), é resistente a água, sendo assim, ótima fixação! Não sai nada fácil e fica lindo. Ele custa R$29,90 e está disponível na cor Preto também. É possível comprar AQUI.
As Sombras  (Light Rose e Acquamarine), possuem cores lindas e suaves. Mesmo não usando sombras no meu dia-a-dia, gostei muito e as embalagens possuem uma parte em que você levanta, tem um mini pincel com esponja e um espelho para levar em qualquer lugar e retocar. Super prático! Ele custa R$26 e está disponível em mais quanto cores. É possível compra AQUI.

Para as unhas, a marca que é referência em esmaltes Hipoalergênicos, possui variedades maravilhosas em cores. Essas duas cores que recebi (Magenta e Sky Beach), testei logo na semana que chegou, não fotografei, mas adorei (até derrubei o vidrinho do Magenta… pouco desastrada). Brinco que sou uma pouco moleque, porque sempre estou com unhas feias e precisando tirar as cutículas, mas a falta de tempo, a correria e a casa, me deixam um pouco preguiçosa para ficar sempre em dia com as unhas. Assim, que usar de novo, fotografo para mostrar um resultado real. Mas os esmaltes possuem uma secagem mega rápida e ótimo brilho. Ele custa R$12,95 e está disponível em diversas outras cores. É possível comprar AQUI.

 

 

 

E aí, já conheciam a marca? Gostaram? Nós realmente gostamos e tentaremos falar um pouco mais sobre o assunto!

 

Beijos ♥ xoxo

Look: Floral Friday

Por abril 11, 2014 Look

Olá sexta sua linda!
O final de semana já está batendo na porta e nada como um look colorido e cheio de flores para deixar ainda mais animado (depois de dias sem internet e com pc deixando na mão). O vestido do look é de uma loja de Brasília, a Amelitá, mas que possui loja virtual e envia para todo o país. A marca é uma graça, possui peças lindas e com confecção própria. Tudo criado com muito carinho e amor!
Recebi esse vestido uma regata que é da nova coleção, logo depois que voltei de Curitiba, e estou apaixonada pelos modelos. Para compor o look, usei a cut out boots da Arezzo que não largo mais e os acessórios lindos da Kafé Acessórios!
Espero que gostem do look e se o blog sumir, não se preocupem, estamos fazendo as mudanças que já comentamos por aqui (até que enfim, haha)!

Dress: Amelitá / Boots: Arezzo / Bracelets: Kafé Acessórios / Sunnies: Zerouv

 

HYPE my look on LOOKBOOK! ♥

 

 

 

 

Beijos ♥ xoxo
Translate »